Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3622705

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 31-10-2001 --- Gago apresenta Portugal Digital

A sociedade da informação dispõe de um novo programa de apoio. Chama-se Portugal Digital, já se encontra lançado no terreno, e foi oficializado anteontem pelo ministro da Ciência e da Tecnologia, José Mariano Gago. Um orçamento de perto de 60 milhões de contos promete dar continuidade ao projecto Cidades e Regiões Digitais, garantindo o desenvolvimento do país a partir da apropriação social das tecnologias, durante os próximos três anos.

Está oficialmente aberto o concurso para o Portugal Digital. O programa de apoio para a promoção da sociedade da informação foi anunciado pelo ministro da Ciência, Mariano Gago falou na aposta que visa prosseguir o trabalho lançado pelo projecto Cidades Digitais, em Aveiro, no seminário “Sociedade da Informação em Portugal – Das Cidades e Regiões Digitais ao Portugal Digital”.

“Informalmente, o Portugal Digital já se encontra no terreno, com várias intenções de candidatura em fase de apreciação, e vai manter-se aberto a título permanente”, explicou o ministro sobre o programa dirigido a candidaturas provenientes de “cidades, regiões ou outros projectos integrados”, e cujo orçamento aponta para um total de 60 milhões de contos.

Com o objectivo de “desenvolver-se o país a partir da apropriação social das tecnologias, por parte das pessoas, Estado e empresas”, o Portugal Digital deverá versar várias fases de aplicação, desde a escolaridade à inclusão social.

O novo programa de apoio à sociedade da informação pretende dar continuidade ao projecto Cidades e Regiões Digitais, desenvolvido entre 1998 e 2000, iniciativa que o ministro classifica como “extremamente interessante, e cuja taxa de execução foi muito próxima dos 100 por cento”. “O Cidades Digitais era experimental, correspondeu a um investimento da ordem dos 2.5 milhões de contos, e permitiu testar componentes de desenvolvimento com o combate à interioridade, no caso de Castelo Branco, ou a integração de imigrantes, como aconteceu em Lisboa e Setúbal”, acrescentou o governante.

Fonte: Público

[ « Anterior ]