Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3622565

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 18-02-2004 --- Espaço Internet em todas as freguesias da ria até ao final do ano

Vagos inaugurou valência

Lançado pelo Aveiro Digital, o projecto visa garantir o acesso gratuito à Internet em toda a região da AMRia, num total de 11 municípios e 95 freguesias

A partir do próximo ano, as 95 freguesias pertencentes aos 11 concelhos que integram a região da AMRia (Associação de Municípios da Ria) vão estar ligadas à internet. O prazo é avançado pela comissão executiva do Aveiro Digital, entidade responsável pelo projecto Espaço Internet, que já no próximo mês estará operacional em todos os municípios da AMRia. Ontem, foi a vez de Vagos se sincronizar com as novas tecnologias. A população de Vagos está, desde ontem, mais perto do mundo dos três ws. Com a inauguração do novo Espaço Internet do município, financiado pelo Programa Aveiro Digital 2003-2006, não só os mais novos, mas todos os cidadãos do concelho passam a usufruir gratuitamente de acesso à internet. São dez computadores ligados à web em banda larga, uma impressora e um “scanner” agora ao dispor das necessidades informáticas da população vaguense. Idêntico cenário se regista em todos os concelhos que fazem parte da AMRia, com excepção da Murtosa, que ultima actualmente os preparativos para receber o mesmo serviço. As obras no edifício que vai acolher o equipamento estão em curso, pelo que no próximo mês deverá completar-se o ciclo de instalações, num total de 11 municípios abrangidos pelo Espaço Internet.

Mas o projecto do Aveiro Digital não se fica por aqui. A intenção é alargar a oferta a todas as freguesias daqueles municípios: “Queremos ter a cobertura de todas as freguesias da região até ao final deste ano. Temos um plano para instalar o Espaço Internet em todas elas e este ano vamos ter três fases de instalação”, revela a presidente da comissão executiva do Aveiro Digital. O convite às freguesias para aderirem ao projecto já foi endereçado, sendo que depende agora da iniciativa de cada uma delas a inscrição no programa. “As primeiras a aderir são as seleccionadas, nós não escolhemos”, frisa a responsável, garantindo que a corrida ao serviço tem sido “muito boa” e que há já cerca de 30 freguesias associadas ao projecto.
A implementação dos diversos Espaços Internet no terreno, no total dos 11 municípios e 95 freguesias da região da AMRia, acarreta um investimento de 1,33 milhões de euros. Isto porque, para além da instalação do equipamento, a Aveiro Digital se compromete a assegurar o salário dos monitores envolvidos no projecto. Em cada Espaço Internet nas freguesias existirá um monitor, destinado a auxiliar os munícipes no processo informático, enquanto os serviços instalados nos municípios contam com dois docentes. “Os monitores são jovens recrutados directamente pela junta de freguesia”, explica a líder da Aveiro Digital, frisando que a empresa se encarrega de pagar 250 euros a cada tutor.

Vagos rumo à “modernização”

Não é a primeira vez que Vagos tem espaços de acesso à internet, mas é a primeira vez que o serviço está aberto a toda a população. “É um conceito novo no concelho. Os outros dois centros de internet eram direccionados aos jovens, este é um espaço direccionado também a idosos, a empresários, a todos os munícipes”, ilustra Rui Cruz, presidente da autarquia.
Sediado numa sala arrendada ao Centro de Educação e Recreio, devidamente recuperada para o efeito, o Espaço Internet vaguense é, no entender do edil, um passo em direcção ao progresso: “Vai fazer com que o concelho dê um salto no sentido da modernização, no acesso às novas tecnologias”, sublinha.

FONTE: Público (Nuno Sousa e Filipa Gaioso Ribeiro)

[ « Anterior ]