Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3622573

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 03-06-2005 --- Ria.Edu - Um Bom Projecto de Acção Educativa

A professora Cidália Rodrigues abraçou o Projecto Ria.Edu com “grande entusiasmo”, trabalhando em muitas horas extra, sempre “por amor aos alunos”. “Obriga os docentes a muitas horas extraordinárias, mas é um trabalho muito gratificante”, afirmou à SP.

“O projecto incentiva o ensino à distância, pois leva os alunos a trabalharem através das novas tecnologias de informação”, disse à SP, acrescentando que “por exemplo, quando um estudante se encontra doente, pode receber os processos educativos através da internet, nunca deixando, por isso, de acompanhar a matéria que é dada pelos professores”.
E sublinhou: “Este projecto é um avanço na educação e um esforço muito grande para os professores, pois obriga-nos a trabalhar muitas horas extra”.
Cidália Rodrigues disse também que “este trabalho acaba por ser feito por amor aos alunos e à nossa profissão, mesmo sabendo que as condições de trabalho não são as melhores”. “O Conselho de Turma está aberto a novas experiências, mas é importante termos uma boa logística. Mesmo assim, o projecto funciona muito bem”, sublinhou Cidália Rodrigues, que foi a formadora dos professores da EB 2,3 Fernando Caldeira envolvidos no projecto.

O professor Álvaro Folhas, professor da turma do 11º da Escola Adolfo Portela e formador dos docentes da ESAP e Marques de Castilho envolvidos no projecto, afirmou que “num mundo de estímulos, em que a escola tem de arranjar argumentos de modo a potenciar a sua acção educativa, o projecto Ria.Edu é uma mais-valia, uma vez que ajuda os alunos a organizar a informação e possibilita novas formas de aprender, recorrendo às novas tecnologias de informação e comunicação, para além de permitir a aproximação entre os vários actores envolvidos no processo educativo - alunos, pais e professores”.

Na sua perspectiva de formador, Álvaro Folhas referiu que “a formação que os professores frequentaram permitiu-lhes adquirir competências na utilização das novas tecnologias, como reforço da sua actividade pedagógica, contribuindo objectivamente para maior motivação e consequente sucesso escolar dos alunos”.

Fonte: Soberania do povo

[ « Anterior ]