Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3629124

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 14-07-2005 --- Estarreja na Era Digital

A Câmara Municipal de Estarreja está a desenvolver sete projectos no âmbito do Programa Aveiro Digital. A apresentação dos projectos digitais de Estarreja aos funcionários da Autarquia decorreu no Auditório da Biblioteca Municipal de Estarreja.  

SIGRia, Ambi-RIA, Mobi-RIA, Secur-RIA, AEI Digital, MEMDigital e PIAR significam mais um degrau na modernização da Autarquia e desenvolvimento económico, social e cultural do Concelho de Estarreja.

O “profundo impacto do Aveiro Digital na região e no Município” foi destacado na abertura da sessão pelo Presidente da Câmara.

José Eduardo de Matos vê no implementar destes projectos “um enorme desafio interno e um salto muito interessante para profissionais e para os utentes” que permite “servir melhor as nossas populações e ter serviços com mais qualidade”. O autarca mencionou ainda “a afirmação da intermunicipalidade neste projecto de grande envergadura”.

“Estarreja foi uma dos Municípios que conseguiu com êxito aproveitar esta oportunidade”, considera Lusitânia Fonseca, Administradora Executiva do Aveiro Digital, que deu os “parabéns pelo esforço e qualidade do trabalho que têm desempenhado”.

A responsável pelo programa sublinhou ainda o 3º lugar nacional obtido pelo website www.cm-estarreja.pt no que respeita às melhores práticas ao nível da disponibilização de informação via web nas autarquias de média dimensão, segundo o estudo elaborado pelo ISCTE e pela Universidade do Minho e referente à presença das 308 Câmaras Municipais na Internet durante o ano de 2003.

AEI Digital

O AEI Digital diz respeito à modernização administrativa dos back-offices da Autarquia e disponibilização dos serviços via Internet. A implementação da Intranet, actualmente numa fase de testes, é um dos passos marcantes. “Será a mesa de trabalho dos funcionários da Autarquia onde podem encontrar todas as ferramentas que necessitam para o seu trabalho diário”, explicou o gestor do projecto na Câmara, Luís Luzes.

O desafio é “acabar com os papeis”. A informação vai passar a correr de forma digital. A Intranet pretende revolucionar os métodos de trabalho.

Até Outubro será lançado o site de prestação de serviços autárquicos no website da Câmara. A prestação de serviços on-line terá 3 fases de implementação até 2006: consulta de processos, submissão de requerimentos e pagamentos on-line. O projecto resulta na melhoria da qualidade do serviço prestado ao Munícipe. “É para isso que estamos cá”, concluiu o técnico.

MEMDigital

A digitalização do acervo documental da Casa Museu Egas Moniz e sua divulgação e pesquisa na Internet é o objectivo principal do MEMDigital – Serviços online e webização interna do Museu.

A primeira fase de digitalização do acervo documental está concluída. A segunda fase está a ser lançada. Serão digitalizadas um total de 25 mil páginas manuscritas e 10 mil páginas não manuscritas.

A publicação online do acervo documental, incluindo obras escritas do Prémio Nobel, com possibilidade de pesquisa por palavras-chave; a criação de uma página na internet da Casa Museu com conteúdos diversos sobre a vida e obra do cientista e visita virtual do Museu com visão a 360 graus de todas as salas e a criação do Centro de Pesquisa Documental dentro da Casa Museu são os resultados evidenciados.

SIGRia

O SIGRia – Sistema de Informação Geográfica para os Municípios da Ria vai disponibilizar e efectuar a gestão municipal da informação geográfica da região da Ria. Actualmente, “é difícil para um funcionário encontrar informação num determinado departamento”, disse Teresa Lima, gestora do projecto na Autarquia.

Este projecto permite “centralizar toda a informação, tratá-la e disponibilizá-la” aos funcionários e ao público. Nesta fase, o PDM e a Cartografia Topográfica Digital – Escala 1:10000 estão disponíveis na página da Autarquia na Internet.

Será assim possível melhorar a eficácia das análises na gestão do território e o acesso público a diferentes níveis de informação geográfica.

Ambi-Ria

A criação de um Plano Municipal de Água e de uma Carta de Água está prevista no AmbiRIa – Gestão Ambiental na Região da Ria de Aveiro. O objectivo é racionalizar e optimizar a gestão ambiental municipal com uma perspectiva regional e melhorar a informação pública sobre o ambiente. Em Setembro, dar-se-á início à medição de qualidade de linhas de água.

Secur-Ria

A harmonização e optimização dos planos municipais de emergência e a optimização da resposta a situações de emergência serão possíveis com o Secur-Ria – Segurança na Região da Ria de Aveiro. Os Planos Municipais de Emergência serão adaptados a um formato comum já definido.

Será ainda elaborada uma Carta de Segurança. Para além de passar a haver maior facilidade na integração da informação relativa aos riscos e meios para resposta a situações de emergência com a base geográfica de toda a região, melhora-se a informação à população sobre protecção civil.

Mobi-Ria

O tráfego automóvel é outra área abrangida. O Mobi-Ria – Mobilidade na Região da Ria de Aveiro pretende melhorar a circulação rodoviária associada às grandes vias inter nodais Estarreja-Aveiro-Ílhavo.

Os sistemas a instalar baseiam-se na observação e medida de tráfego em formato de imagem online e em sistemas de teleacção semafórica. Serão instaladas câmaras, nas entradas norte e sul da Cidade de Estarreja, e um comando remoto num conjunto semafórico na EN109.

PIAR

O PIAR – Plataforma de Informação através de RDS consiste na divulgação de informação em painéis alfanuméricos. Estão instalados 3 de um conjunto de 7 painéis destinados ao Concelho de Estarreja. Facilitar a comunicação entre Autarquia e Munícipes é uma das vantagens deste projecto que disponibiliza notícias em tempo real.

É um canal privilegiado para a divulgação da agenda cultural e desportiva do Município para além de poder ser utilizada em situações de emergência pelo Serviço Municipal de Protecção Civil

Fonte: www.cm-estarreja.pt >>  

[ « Anterior ]