Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3622404

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 17-10-2000 --- Hospital de Aveiro vai ter novo sistema de informação

A semana da Rota das Índias, que ontem começou, foi aproveitada para a apresentação de algumas novidades relativas a este projecto incluído no programa Aveiro Cidade Digital. Um sistema de Informação, no Hospital, ou uma loja virtual são trunfos do projecto Dotar o Hospital de Aveiro com o Sistema de Informação para a Urgência Pediátrica é a próxima grande aposta do projecto Rota das Índias, incluído no programa Aveiro Cidade Digital. Este sistema deverá ser testado na própria unidade hospitalar durante a próxima semana, devendo entrar em funcionamento até ao final do mês. A iniciativa prevê a instalação de dois monitores na sala de espera do serviço de Pediatria do Hospital Dom Pedro V, aos quais terão acesso os utentes que queiram receber informações sobre o seu funcionamento. Segundo o consórcio que explora o Rota das Índias - incluindo a SIBS, a EF Tecnologias e a Universidade de Aveiro (UA) -, «os conteúdos divulgados devem ser de carácter público mas respeitando a privacidade dos utentes, com propósitos informativos e também pedagógicos». Pretende-se, assim, fazer com que o serviço prestado seja «mais próximo ao cidadão» e contribuir para a sua qualidade, destaca o consórcio em comunicado. Jorge Martins, da EF Tecnologias, explicou ontem, durante a inauguração da semana da Rota das Índias (que decorrerá até dia 20, no Centro Cultural e de Congressos), que este serviço inclui informações sobre listas de pacientes que tenham dado entrada no Hospital, embora esteja ainda por definir se se darão a conhecer os seus nomes. Além disso, o sistema dará a conhecer as farmácias de serviço, contactos e moradas de centros de atendimento, telefones úteis, procedimentos a seguir em caso de exames médicos, conselhos de saúde, estatísticas, informação pedagógica ou sobre marcação de consultas. Outra das novidades apresentada ontem é a rede de comércio electrónico, que conta com a participação da Lanidor, Lusavouga e Loja da Universidade. Apesar de ser apresentada como sendo de comércio electrónico, a rede que ontem entrou em funcionamento não permite a compra de produtos através da Internet, limitando-se a apresentar os catálogos das três lojas. No entanto, Jorge Martins reconheceu que, no futuro, a Loja da Universidade possa vir a admitir essa possibilidade. Este representante da EF Tecnologias disse ao Diário de Aveiro que este «site» introduz uma novidade: «O comerciante gosta de conhecer os desejos e as vontades dos clientes, o que não é normalmente possível pela Internet. Este serviço, no entanto, permite ao comerciante aceder a um conjunto de estatísticas sobre os movimentos dos clientes no interior da loja virtual». Outro dos serviços da Rota das Índias é a Secretaria Virtual da UA, a funcionar em pleno desde Julho passado. Hélder Bernardo, um dos responsáveis, referiu que dois dos cerca de oito mil alunos da academia aveirense recorreram a este serviço para se matricularem no presente ano lectivo. Já antes, em Julho, cinco mil estudantes se inscreveram para os exames de recurso utilizando a Secretaria Virtual. Este serviço traduz-se num balcão de atendimento que permite aos alunos da UA efectuar on-line alguns dos habituais processos académicos. «Queremos retirar o máximo de estudantes do balcão normal da secretaria da UA», disse Hélder Bernardo. Para já, serviços que envolvam pagamentos (como requisição de certidões, por exemplo) estão vedados, mas serão possíveis no futuro. Prevista está ainda outra novidade que a UA está a tentar desenvolver: o anúncio de notas de exames, ou outras informações, através de telemóvel.

FONTE: Diário de Aveiro ( ver notícia )


[ « Anterior ]