Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3629055

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 03-10-2006 --- Projecto BibRia: Jornais dos últimos séculos disponíveis na Internet

Técnicos têm digitalizado jornais locais e regionais para que estejam disponíveis em bibria.cm-aveiro.pt

Embora os primeiros conteúdos já estejam disponíveis desde Junho (em bibria.cm-aveiro.pt), é a partir deste mês que a Biblioteca Digital da Ria (Bibria) vai disponibilizar online um espólio documental vasto e diversificado, constituído por cerca de 250 mil entradas, relativas a jornais, monografias, gravuras, pautas musicais e outras publicações de autores regionais. Documentos produzidos desde o início do século XIX até aos nossos dias, que estão à guarda das bibliotecas dos municípios de Aveiro, Oliveira do Bairro e Ovar e da Universidade de Aveiro (UA).

O projecto, financiado ao abrigo do programa Aveiro-Digital (72%), é da iniciativa de um consórcio constituído pelas três autarquias e pela Universidade (28%) e representou um investimento da ordem dos 330 mil euros.


Evitar ida à biblioteca

Além de divulgar os documentos, através de uma página de Internet, "evitando, assim, que as pessoas tenham de deslocar-se a cada uma das bibliotecas", como sublinha a directora da Biblioteca da Câmara Municipal de Aveiro, Madalena Pinheiro, que assume o estatuto de entidade gestora do projecto, a Biblioteca Digital da Ria cumpre outro objectivo, não menos importante, que se prende com a preservação de um vasto e valioso espólio documental de interesse histórico e cultural, que, de outra forma, corria o risco de se degradar.

"As pessoas deixam de manusear os originais", sublinha Madalena Pinheiro.

Para já, estão disponíveis cerca de metade dos 250 mil documentos ou partes de documentos previstos inicialmente (divididos pelas quatro bibliotecas associadas em partes iguais), que deverão estar acessíveis, na totalidade, durante o mês de Outubro.

Até ao fim do ano, os responsáveis admitem a possibilidade de colocar online mais 120 mil documentos não previstos no programa inicial.

De acordo com Madalena Pinheiro, a criação da Biblioteca Digital da Ria foi um trabalho "muito complexo e demorado".

Da digitalização dos documentos à validação das imagens, sem esquecer que foi, também, necessário obter cerca de 60 autorizações da parte de titulares de direitos de autor.

Fonte: Jornal de Noticias (José C. Maximino, Nuno Alegria) >>

[ « Anterior ]