Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3597456

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 18-05-2008 --- Prémio de Boas Práticas no Sector Público | Deloitte/Diário Económico

A Gestão Financeira da Câmara Municipal de Águeda foi distinguida a nível nacional.

O galardão foi atribuído no passado dia 13 de Maio, na 6ª edição do Prémio de Boas Práticas no Sector Público, destinado a premiar as entidades que se têm destacado com os seus projectos ou resultados positivos para a gestão de recursos e qualidade de serviços.

A Autarquia foi galardoada com o primeiro prémio da categoria Gestão Financeira, com o projecto Gestão Financeira… Pela Transparência, e o segundo prémio, em ex-aequo, foi atribuído à Direcção-Geral dos Impostos e Direcção-Geral de Informática e Apoio aos Serviços Tributários e Aduaneiros, com o projecto Sistema Electrónico Integrado para a Eficácia na Obtenção de Receitas Fiscais e ao Instituto de Gestão de Fundos da Capitalização da Segurança Social, IP, com o projecto Medidas de Atribuição do Excess Return.

Este galardão é um sinal claro da qualidade e da transparência do trabalho autárquico em marcha, onde a aplicação dos recursos é ponderada, tendo em vista o máximo rendimento com o melhor investimento. Por exemplo, hoje em dia e graças a instrumentos como a Contabilidade Analítica das contas da Câmara permitem esclarecer onde é investido cada euro dos Munícipes. O prémio vem assim reconhecer o trabalho realizado até ao momento nesta área.

Os critérios de avaliação da categoria Gestão Financeira envolveram uma diversidade de elementos, nomeadamente, a qualidade da informação, a redução de custos, o aumento da receita, o investimento na missão do organismo, o retorno do investimento, a escala, bem como a envolvência de vertentes de serviços ao Cidadão, capital humano, e melhoria de processos.

O Júri foi constituído por personalidades relevantes do meio empresarial, académico e político da sociedade portuguesa, contando-se entre os seus membros nomes como António José Seguro, Carlos Zorrinho, Jorge Coelho, Jorge Jardim Gonçalves, José Barata Moura, Maria de Belém, Manuela Ferreira Leite, e Rui Machete.

A iniciativa do Prémio de Boas Práticas no Sector Público foi promovida pela Deloitte em parceria com o Diário Económico, e a 6ª edição contou com a participação especial do Instituto Nacional de Administração (INA), Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) e SIC Notícias.

Este prémio pretende identificar e destacar as Boas Práticas, independentemente da sua origem ou magnitude, visando assim, divulgar iniciativas de relevo no Sector Público (administrativo, empresarial, organismos de ensino e sector da saúde), que sirvam de exemplo para a sua replicação. Candidataram-se este ano 95 instituições e entidades nos vários grupos e categorias, tendo Águeda merecido o reconhecimento e o aplauso dos presentes pelo trabalho desenvolvido na área da Gestão Financeira orientada para a Transparência.

Fonte: www.cm-agueda.pt >>

[ « Anterior ]