Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3628587

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 14-12-2000 --- Programa Aveiro-digital: Tv interactiva em fase experimental

Aveiro, 14 Dez (Lusa) - A Televisão Interactiva vai chegar a 15 lares de Aveiro, no âmbito do projecto "Smart TV" que está a ser desenvolvido pela InterTV, disse hoje à Lusa Fernandes Thomas, um dos sócios da empresa.

O projecto, integrado no Programa Aveiro Cidade Digital, está concluído, faltando apenas colocar na casa dos clientes as "set-top- boxes".

"Os serviços estão montados e estamos à espera de receber as set-top-boxes que foram encomendadas há cerca de um mês", explicou à Lusa Fernandes Thomas, da InterTV, uma empresa de conteúdos interactivos.

Inicialmente as pessoas poderão aceder a um conjunto de conteúdos interactivos e à Internet e numa fase posterior a InterTV pretende avançar com a digitalização dos canais.

"A segunda fase é muito mais ambiciosa", considerou Fernandes Thomaz, uma vez que contempla um conjunto de serviços mais sofisticados - o "pay-per-view", com o que o cliente paga por cada evento que deseja ver, o "video-on-demand", em que se pode escolher um filme sem estar dependente de uma programação definida, e a TV enriquecida, que permite a navegação em conteúdos interactivos para programas já existentes.

A massificação deste tipo de conteúdos é, segundo o sócio da InterTV, o principal objectivo do projecto "Smart TV". "Noventa por cento dos lares portugueses têm televisão, o que não acontece com os computadores", justificou.

Fernandes Thomaz admite a possibilidade de os custos das "set- top-boxÈs", que variam entre os 30 e os 100 contos, poderem atrasar a penetração destes serviços, mas acredita que, tal como aconteceu com os telemóveis, os operadores de televisão por cabo irão comparticipar na compra destes equipamentos.

A CaboVisão foi o parceiro escolhido pela InterTV para este projecto porque é o único operador de televisão por cabo em Aveiro, com uma rede de cabo de banda larga bi-direccional, justificou Fernandes Thomaz.

FONTE: LUSA ( ver notícia )


[ « Anterior ]