Programa Aveiro Digital www.aveiro-digital.pt 
Linha separadora
      O Programa Aveiro Digital 2003 - 2006 é co-finaciado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação
Linha separadora
Separador
Indicador de item de menu Apresentação
Separador
Indicador de item de menu Projectos  
Separador
Indicador de item de menu Serviços
Separador
Indicador de item de menu Documentação
Separador
Indicador de item de menu Outros Destinos
Separador
Indicador de item de menu Contactos
Separador

Um globo inclinado, com uma grelha sobreposta. Na sua superfície está recortado um buraco de fechadura

Atalhos de acesso ao menú: ALT + Letra sublinhada

English Version     Versão Portuguesa


Visitantes: 3629116

 

[ Inicio ]
Icon Noticias  Noticias :
 
Notícia com data de 29-03-2001 --- Montra Digital: País adopta exemplo aveirense

Quase duas dezenas de autarquias marcaram presença, na passada semana, num sessão de esclarecimento sobre as práticas e metodologias utilizadas na concepção e dinamização da Montra Digital de Aveiro.

Porto, Abrantes, Mealhada, Ilhavo, Fafe, Arouca, Cantanhede, Celorico da Beira, Estarreja, foram alguns dos municípios representados no encontro promovido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).

A reunião teve a participação, ainda, de elementos ligados ao programa Portugal Digital que prestaram informações sobre os apoios disponíveis e formas de acesso para a criação de montras digitais.

Concurso aberto

O concurso foi aberto em Fevereiro e, esta quarta-feira, realiza-se uma sessão de apresentação na Comissão de Coordenação da Região Centro (CCRC).

"Demos a conhecer a nossa experiência que foi tomada como exemplo a seguir pela equipa do Portugal Digital", disse a Carlos Dias, assessor do gabinete da presidência para a Cidade Digital.

A troca de impressões permitiu alertar para dificuldades que podem surgir na abertura e manutenção dos espaços de acesso gratuito à Internet, indicar sugestões úteis ou apontar erros a evitar.

Não apenas Net

A dinamização foi um dos aspectos que mereceu mais atenção. "A Montra Digital deve ter uma programação regular de actividades. Temos feito isso", explicou o mesmo responsável, aludindo à importância, também, da formação.

"Não devem servir exclusivamente para disponibilizar Internet para os cidadãos", advertiu Carlos Dias.

O financiamento da abertura das montras motivou questões dos presentes. As Câmaras poderão vir a beneficiar de ajudas através do Programa Operacional para a Sociedade da Informação (POSI) mas devem assumir parte dos custos.

A Montra Digital de Aveiro funciona no edifício em frente aos Paços de Concelho e tem uma frequência média de 5 mil por pessoas.

POSI incentiva

O desenvolvimento da sociedade da informação constitui uma prioridade definida no III Quadro Comunitário de Apoio , sendo contemplado, de forma transversal, na generalidade dos programas que o integram. O POSI exerce um papel de dinamização estratégica dos investimentos apoiados por outras intervenções operacionais com projectos nesta área. Para além disso, define um conjunto de apoios financeiros (FEDER e FSE) a projectos no domínio da sociedade da informação e do conhecimento e assume um papel de disseminação das boas práticas neste domínio.

Medidas

» Promover a generalização do uso da Internet
» Criar condições para a oferta maciça de produtos adaptados ao mercado familiar de modo a multiplicar por quatro o número de computadores com ligação à Internet existentes nos lares portugueses
» Criar espaços públicos de acesso à Internet em todas as freguesias do País e generalizar a disponibilização e uso de email pela população portuguesa (mais de um milhão em menos de três anos)
» Generalizar a todas as escolas e agrupamentos de escolas do 1º ciclo do Ensino Básico a Rede RCTS (que já assegura a cobertura integral de todas as outras escolas e das bibliotecas públicas municipais), assim como a todas as associações culturais e científicas, em condições de gratuitidade para os utilizadores e de apoio à produção e exploração de conteúdos
» Estender o programa Cidades Digitais a todo o País
» Aprovar e executar um programa que conduza à multiplicação por mil dos conteúdos portugueses na Internet
» Lançar um processo nacional de formação e certificação de competências básicas em tecnologias da informação

FONTE: Notícias de Aveiro ( ver notícia )


[ « Anterior ]